Jesus Cristo Joseval Oliveira

Jesus segue dois de seus discípulos a caminho de Emaús

Aconteceu que no mesmo dia em que Jesus ressuscitou, ou seja, no domingo; na parte da tarde, iam dois de seus discípulos descendo de Jerusalém para uma aldeia chamada Emaús, conhecida também como Nicópolis (em grego: Νικόπολις), era um povoado da Palestina (entre os séculos III e VII d.C. era uma cidade), localizada a aproximadamente 30 km a oeste de Jerusalém na fronteira entre as montanhas da Judeia e o Vale de Ayalon…. Lucas menciona aproximadamente 60 estádios (cerca de 12 km), pois certamente não tinham uma medida exata da distância por não ser tão distante nem tão próximo e geralmente eles se referiam às medidas mais próximas a estádios, que equivaleria (um estádio) aproximadamente a 185 metros de comprimento. Indo eles a caminho e conversando, sendo um deles chamado Cleopas, discorriam e lamentavam sobre o que acontecera com aquele justo que foi morto sem motivos…, quando se aproxima um homem junto deles e pergunta sobre que assunto estavam conversando. Parando eles no caminho Cleopas indaga: Não soubestes o que aconteceu em Jerusalém estando tu lá? Só tu ignoras tais fatos que se deram nesses dias? E Jesus lhes pergunta: Quais? E eles explicaram e discorreram sobre o que aconteceu com Jesus o Nazareno, que era varão profeta, poderoso em obras e palavras diante de Deus, que só fazia o bem a todos e os principais sacerdotes e as nossas autoridades o entregaram para ser condenado à morte e o crucificaram. Nós esperávamos que ele fosse quem redimisse a Israel da opressão, mas, depois de tudo isto, já é o terceiro dia desde que tais coisas sucederam. E também é verdade que algumas mulheres que estavam conosco foram lá no túmulo de madrugada e se surpreenderam pois não acharam o seu corpo; voltaram dizendo que tiveram lá uma visão de anjos, os quais afirmam que ele vive. De fato, alguns dos nossos também foram lá no sepulcro verificar sobre o que as mulheres falaram e também não encontraram o corpo de Jesus! Aí Jesus lhes disse: Ó néscio e tardos de coração para crer em tudo o que os profetas disseram! Porventura, não convinha que o Cristo padecesse e entrasse na sua glória? Aí começou a discorrer desde Moisés e por todos os profetas, lhes expunha o que constava a seu respeito nas Escrituras. Quando já estavam bem próximo a Aldeia de Emaús, Jesus apressou o passo como se os deixassem para trás, mas eles pediram para Jesus ficar com eles porque já estava entardecendo e Jesus ficou com eles. Quando puseram a mesa para jantarem, Jesus pegou o pão, abençoou, partiu e lhes deu; então nesse momento lhes abriram os olhos, perceberam e reconheceram que era Jesus; mas ele simplesmente desapareceu da mesa sem sair do lugar. E disseram um ao outro: Porventura, não nos ardia o coração quando ele nos falava pelo caminho e nos expunha as Escrituras? E na mesma hora deixaram a ceia e voltaram novamente para Jerusalém, onde encontraram os onze reunidos com outros falando que Jesus tinha realmente ressuscitado e que apareceu a Simão Pedro. Então eles contaram tudo o que aconteceu desde o caminho até quando Jesus lhes deu o pão e desapareceu do meio deles. Nesse instante, Jesus aparece no meio deles e diz: Paz seja convosco! Então todos ficaram com medo pensando que se tratava de um espírito, mas Jesus disse-lhes: Não tenham medo, vejam que espírito não tem carne como eu tenho, apalpai-me e vedes que sou eu mesmo! Vejam meus pés, e minhas mãos! Eles estavam tão extasiados e admirados de alegria que nem estavam acreditando no estavam vendo. Aí Jesus perguntou: Vocês têm alguma coisa aí para comer? E lhe apresentaram um pedaço de peixe assado e um favo de mel e ele comeu na presença de todos e lhe falou das Escrituras. Glórias a Deus que nosso Salvador venceu a morte! Não teria jamais condições de um humano ter sido entregue por sacrifício vivo, uma vez que, já necessitavam entregar suas ofertas para que o sacerdote as oferecesse a Deus pelos seus pecados; que dirá pelos pecados de toda humanidade! Lc 24. 13-44. Maranata!

Pb Joseval Oliveira

Imagem extraída da internet sem fins de propriedade particular

Sobre o autor | Website

Saiba mais sobre o autor

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.