Jesus Cristo Joseval Oliveira

Jesus ora por seus eleitos antes de ser entregue à morte

A graça e a paz do Senhor seja com todos!

Momentos antes de Jesus se entregar por nós pecadores, ele fez uma oração intercessória, conhecida como oração sacerdotal descrita no cap 17 do Evangelho de João, a qual foi dividida em três partes.

– Ele orou pela sua própria glorificação (vs. 1-5).

– Ele orou pelos discípulos, separando-os do restante das pessoas terrenas como aqueles que o Pai lhe deu, (vs. 6.19) e especialmente por eles (vs. 6-10).

– Jesus pede ao Pai para protegê-los (vs. 11-13).

– Jesus pede ao Pai para mantê-los separados do mundo (vs. 14-19).

– Jesus ora por aqueles que viriam a crer nele no futuro, pedindo que sejam unificados e, um dia, reunidos a ele (vs. 20-26) dos quais somos nós os que já cremos pela fé que ele nos aplicou, e aos que ainda irão se converter. Só Deus pela sua insondável graça e misericórdia fez tamanha maravilha para com muitos. Por que com muitos? Porque o próprio Jesus não orou por todos, apenas pelos eleitos como vemos no (vs. 17.9) onde ele diz, não rogo pelo mundo, mas por aqueles que me deste, porque são teus. Vemos que qualquer benevolência de Jesus para com a totalidade das pessoas no mundo, sua atividade redentora e sacerdotal diz respeito especialmente aos eleitos. Não que ele desprezasse essa classe de pessoas. Ele orientou seus discípulos a orarem sempre por aqueles que os perseguissem e os amassem, porque a ira pertence a Deus. E Deus faz segundo o seu querer sobre os que rejeitaram seu Filho. Louvado seja Deus nosso Pai!

Pb Joseval Oliveira

Imagem extraída da internet sem fins de propriedade particular

Sobre o autor | Website

Saiba mais sobre o autor

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.