Antigo Testamento Joseval Oliveira

Deus ordenou ao profeta não interceder por Judá e Jerusalém

Sabemos por meio das Escrituras que Deus proveu um povo para ele, os Judeus, para serem fieis aos seus mandamentos, ordens, e preceitos, que são a descendência de Abraão, extensiva a todos os gentios que vierem a crer em Cristo o enviado da Nova e Eterna Aliança feita entre Deus e o povo, após o seu nascimento. Como sempre, o homem foi em seu coração variável e desobediente, indo de encontro as ordens do Senhor. Por desobedecer a Deus, consequências sempre se abateram sobre eles, mas Deus nunca os desamparou por completo. O que sabemos e vemos é que Deus quando decreta uma coisa, não torna atrás. Sua palavra quando é enviada, não volta vazia, mas faz tudo o que apraz. No tempo do rei Josias, filho de Amom, rei de Judá, Deus falou por meio do profeta Jeremias sentenças sobre este reino a se arrepender a fim de evitar o julgamento que, de outro modo, certamente lhe sobreviria. Anunciou que o tempo de arrependimento havia passado e que a decisão divina contra o povo já havia sido tomada. O julgamento é o tema dominante dos escritos de Jeremias, sendo entendido como a invocação da maldição mais grave da aliança, ou seja, a perda da Terra Prometida. O Senhor salvaria o seu povo, ou um remanescente do mesmo, por meio do exílio. O babilônios prevaleceriam sobre Judá segundo a ordem do Senhor, mas só por algum tempo. Mas por que, Deus tinha decretado tal sentença? Por causa da traição humana contra o Senhor; eles adoravam deuses estranhos, queimavam incesso, se prostravam diante deles, mas iam buscar ao Senhor por algumas vezes, sujos de suas prostituições. O Profeta intercedia incansavelmente orando a Deus para que não fizesse tal coisa, porque seriam desolados, se tornariam cativos por povos opressores, e seria uma ruína terrível. Mas Deus diz ao profeta que não adiantava interceder porque já estava decretada sua sentença; não o importunasse mais, que ele não o mais ouviria os clamores, uma vez que o povo não merecia mais perdão. Deus instruiu Jeremias a não orar. Eis que assim diz a palavra do Senhor.

“Tu, pois, não intercedas por este povo, nem levantes por ele clamor ou oração, nem me importunes, porque eu não te ouvirei. Acaso, não vês tu o que andam fazendo nas cidades de Judá e nas ruas de Jerusalém? Os filhos apanham a lenha, os pais acendem o fogo, e as mulheres amassam a farinha, para se fazerem bolos à Rainha dos Céus; e oferecem libações a outros deuses, para me provocarem à ira. Acaso, é a mim que eles provocam à ira, diz o Senhor, e não, antes, a si mesmos, para a sua própria vergonha? Portanto, assim diz o Senhor Deus: Eis que a minha ira e o meu furor se derramarão sobre este lugar, sobre os homens e sobre os animais, sobre as árvores do campo e sobre os frutos da terra; arderá e não se apagará”.

Assim diz o Senhor dos Exércitos, o Deus de Israel: Ajuntai os vossos holocaustos aos vossos sacrifícios e comei carne. Porque nada falei a vossos pais, no dia em que os tirei da terra do Egito, nem lhes ordenei coisa alguma acerca de holocaustos ou sacrifícios. Mas isto lhes ordenei, dizendo: Dai ouvidos à minha voz, e eu serei o vosso Deus, e vós sereis o meu povo; andai em todo o caminho que eu vos ordeno, para que vos vá bem. Mas não deram ouvidos, nem atenderam, porém andaram nos seus próprios conselhos e na dureza do seu coração maligno; andaram para trás e não para diante. Desde o dia em que vossos pais saíram da terra do Egito até hoje, enviei-vos todos os meus servos, os profetas, todos os dias; começando de madrugada, eu os enviei. Mas não me destes ouvidos, nem me atendestes; endurecestes a cerviz e fizestes pior do que vossos pais. Dir-lhes-ás, pois, todas estas palavras, mas não te darão ouvidos; chamá-los -ás, mas não te responderão. Dir-lhes-ás: Esta é a nação que não atende à voz do Senhor, seu Deus, e não aceita a disciplina; já pereceu, a verdade foi eliminada da sua boca. Jeremias 7:16-28

Da mesma forma se vê nos dias atuais, multidões a se prostituir com ídolos diversos. Deixando Deus e Cristo em segundo plano; fazendo intercessão a seus ídolos para que eles intercedam a Deus para que Deus faça isso ou aquilo. Tudo é por meio de Cristo. Qualquer oração, súplica e ou intercessão é por meio de Cristo Jesus. Ele é o mediador único entre o Pai e a humanidade.

Fonte: Biblia Sagrada

Imagem extraída da internet sem fins de propriedade particular

Sobre o autor | Website

Saiba mais sobre o autor

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.