Jesus Cristo Joseval Oliveira

A humanidade da condenação para a salvação em Cristo Jesus

Conforme as Escrituras, o ser humano foi criado por Deus para viver em estado de graça como assim Deus o criou. E disse o Senhor que não o desobedecesse simbolizando a obediência ou desobediência com uma fruta de uma árvore de um lugar simbolizado como um jardim de Deus, ou seja, a presença de Deus constante na vida dele, para que não viesse a morrer. Mas não dando ouvidos a Deus, o ser humano desobedeceu e teve como consequência a morte.
Todos passaram para o estado de mortos em delitos e pecados destinados a condenação eterna no inferno, lugar de satanás e seus demônios. Todos passaram de viver no jardim de Deus, para um lugar de fastamento da sua presença por causa do pecado. Deus permanece no seu Santo Lugar; o ser humano é que se afastou de estar na sua presença continuamente.
Uma vez todos mortos em delitos e pecados; aprouve; foi da vontade soberana de Deus que é boa, agradável e perfeita, resgatar uns e outros não da condenação eterna.
Não restava nada para o ser humano fazer, pois estava morto, e morto nada pode fazer. Depende exclusivamente da Graça do Senhor.
O Senhor sendo Soberano em sua vontade, escreve uns no Livro da Vida e outros não e isso não é passível de interrogação, nem de querer entender ou questionar o Senhor. Pode por acaso o barro perguntar ao oleiro porque fez, ou que tipo de vaso ele deseja fazer segundo à sua vontade, uns diferentes dos outros?
E escrevendo-os no Livro, esses são de Cristo e irão a Ele em cada tempo determinado de suas vidas.
Ainda pela vontade Soberana de Deus, vendo o estado de morte eterna humana; e não se achando ninguém capaz de não ter pecados, para que por meio dele viesse redimir a humanidade dos seus; enviou do seu Trono de Glória, Jesus o Cristo; o Messias prometido, para que como Cordeiro Santo, inculpável e sem mácula, levasse sobre si as iniquidades, faltas, e pecados de muitos que fossem destinados à salvação. O sacrifício de Jesus se entregando na cruz do calvário, foi suficientemente capaz de salvar toda humanidade; mas eficazmente capaz de salvar apenas os que foram resgatados da morte eterna. Ninguém se converte por querer; pois uma vez morto, não tem desejo para nada, apenas para pecar cada vez mais, porque para isso foi que a disposição mental foi desviada.
Os que se convertem a Cristo, é por causa do resgate feito por Deus antes da fundação do mundo, para que no tempo determinado viessem a se voltar para Cristo. Ninguém pode salvar um ao outro. O pai não pode salvar a mãe, a esposa o filho e vice versa…a salvação é individual e depende de Deus.
Pois assim está escrito: Porque pela graça sois salvos, mediante a fé, e isto não vem de vós; é dom de Deus; não de obras, para que ninguém se glorie. Efésios 2.8
Mesmo o ser humano fazendo obras e mais obras, não o capacita para a salvação. Fazer obras e todas as espécies de humanidades, é fruto da vontade de Deus aplicada nele anteriormente. Porque se assim não fosse, não seria possível.
Pela vontade Soberana de Deus é que Jesus veio ao mundo, se entregou em sacrifício vivo e aceitável ao Pai; voltou novamente para seu Trono, de onde voltará segunda vez para ajuntar e levar os seus que o Pai lhe deu, e julgar a terra com os demais que não serão salvos.
Pondo um fim assim a todas as coisas e tragando definitivamente a morte e esmagando a cabeça de satanás com suas potestades do mal. Está escrito que o justo viverá pela fé e fé em Cristo Jesus para que alcancemos graça diante de Deus porque sem fé é impossível agradar ao Senhor.
Glórias exclusivamente a Deus porque nos resgatou da morte, para a vida por meio de Cristo Jesus o Cordeiro Santo que em sacrifício vivo se entregou, e vencendo a morte, encontra-se vivo por toda eternidade! Amém!

Por Pb Joseval Oliveira
Imagem extraída da internet sem fins de propriedade particular.

Sobre o autor | Website

Saiba mais sobre o autor

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.